Tecnologia e Relação de Trabalho

Tecnologia e Relação de Trabalho - Impactos na Vida do Trabalhador Contemporâneo - De Acordo com a Legislação Brasileira

Gabriela Rangel da Silva

Hojear

Versión impresa

por € 12,00 + IVA Añadir a la cesta

Versão digital

Disponible para: Android iOS
por € 8,40 + IVA Añadir a la cesta


Detalles

Autor/Autores: Gabriela Rangel da Silva

ISBN v. impressa: 978989712589-8

ISBN v. digital: 978853628929-8

Encuadernación: Tapa blanda

Número de páginas: 120

Publicado el: 31/05/2019

Idioma: Português Brasileiro

Sinopsis

Os meios e modos de trabalhos mudam a cada instante, não são os mesmos de uma década atrás, quem dirá de um século. Em virtude dessas mudanças, surgiram incertezas e inseguranças, visto que a sociedade e o trabalho estão em constante transição.

O Direito do Trabalho vive uma época fraturante, na qual a proteção do trabalhador clássico talvez não seja suficiente para o contemporâneo.

A forte inserção de tecnologia no trabalho modificou o modo de trabalhar, de viver e de conviver. Assim como ela facilitou a execução de certos serviços, ampliou a cobrança por eficiência, por produtividade, por imediatidade, por trabalho.

Desse modo, depreende-se a necessidade de estudar a forma como os aparatos eletrônicos influenciam no tra­balho humano e no Direito.

Afinal, estamos mantendo a nossa humanidade em meio à massiva inserção de tecnologia?

Autor/Autores

GABRIELA RANGEL DA SILVA

Doutoranda em Ciência Jurídicas Públicas na Universi­dade do Minho – Uminho – Portugal. Mestre em Ciência Jurídica pela Universidade Vale do Itajaí – UNVALI. Mestre em Estudos Políticos na Universidad de Caldas – UCaldas – Colômbia. Especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre - PUCRS. Bacharel em Direito pelo Centro Univer­sitário Franciscano. Advogada atuante na banca tra­balhista e Professora Universitária.

Sumario

ABREVIATURAS E SIGLAS

INTRODUÇÃO

Capítulo 1 A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA NA SOCIEDADE TECNOLÓGICA: RUMO À AUTOMATIZAÇÃO DO TRABALHADOR

1.1 A EVOLUÇÃO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E SUA INFLUÊNCIA NO ÂMBITO LABORAL

1.2 A FORMAÇÃO DO TRABALHADOR NA CONTEMPORANEIDADE: DA SOCIEDADE PRÉ-INDUSTRIAL AO ADVENTO DA SOCIEDADE PÓS-INDUSTRIAL

1.3 A AUTOMATIZAÇÃO DO TRABALHADOR EM FUNÇÃO DA IMPLEMENTAÇÃO DE TECNOLOGIAS

Capítulo 2 ACELERAÇÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO: O DIREITO À DESCONEXÃO DOS TRABALHADORES

2.1 A ACELERAÇÃO SOCIAL E A HIPERCONEXÃO HUMANA

2.2 O DIREITO À DESCONEXÃO: UMA ANÁLISE SOBRE O ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO E TENDÊNCIAS INTERNACIONAIS

2.3 A EFETIVA PROTEÇÃO AO DIREITO À DESCONEXÃO E AS SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA UM CRESCIMENTO SADIO DO TRABALHADOR

Capítulo 3 A (DES)HUMANIZAÇÃO DO TRABALHADOR NA SOCIEDADE TECNOLÓGICA: REFLEXOS SOCIOJURÍDICOS

3.1 O TRABALHADOR CONTEMPORÂNEO: PARADIGMAS DO MUNDO MODERNO

3.2 A SOCIEDADE TECNOLÓGICA: SINTOMAS PSICOSSOMÁTICOS

3.3 A (DES)HUMANIZAÇÃO DO TRABALHADOR NA SOCIEDADE TECNOLÓGICA: VIVER PARA TRABALHAR OU TRABALHAR PARA VIVER?

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

Índice Alfabético

A

  • Abreviaturas e siglas
  • Aceleração social e a hiperconexão humana
  • Aceleração social e desenvolvimento tecnológico: o direito à desconexão dos trabalhadores
  • Âmbito laboral. Evolução da dignidade da pessoa humana e sua influência no âmbito laboral
  • Automatização do trabalhador em função da implementação de tecnologias
  • Automatização do trabalhador. Dignidade da pessoa humana na sociedade tecnológica: rumo à automatização do trabalhador

C

  • Conclusão
  • Contemporaneidade. Formação do trabalhador na contemporaneidade: da sociedade pré-industrial ao advento da sociedade pós-industrial
  • Crescimento sadio. Efetiva proteção ao direito à desconexão e as suas consequências para um crescimento sadio do trabalhador

D

  • Desconexão dos trabalhadores. Aceleração social e desenvolvimento tecnológico: o direito à desconexão dos trabalhadores
  • Desconexão. Direito à desconexão: uma análise sobre o ordenamento jurídico brasileiro e tendências internacionais
  • Desconexão. Efetiva proteção ao direito à desconexão e as suas consequências para um crescimento sadio do trabalhador
  • Desenvolvimento tecnológico. Aceleração social e desenvolvimento tecnológico: o direito à desconexão dos trabalhadores
  • Dignidade da pessoa humana na sociedade tecnológica: rumo à automatização do trabalhador
  • Dignidade da pessoa humana. Evolução da dignidade da pessoa humana e sua influência no âmbito laboral
  • Direito à desconexão: uma análise sobre o ordenamento jurídico brasileiro e tendências internacionais

E

  • Efetiva proteção ao direito à desconexão e as suas consequências para um crescimento sadio do trabalhador
  • Evolução da dignidade da pessoa humana e sua influência no âmbito laboral

F

  • Formação do trabalhador na contemporaneidade: da sociedade pré-industrial ao advento da sociedade pós-industrial

H

  • Hiperconexão humana. Aceleração social e a hiperconexão humana
  • Humanização. A (des)humanização do trabalhador na sociedade tecnológica: reflexos sociojurídicos
  • Humanização. A (des)humanização do trabalhador na sociedade tecnológica: viver para trabalhar ou trabalhar para viver?

I

  • Introdução

M

  • Modernidade. Trabalhador contemporâneo: paradigmas do mundo moderno

O

  • Ordenamento jurídico. Direito à desconexão: uma análise sobre o ordenamento jurídico brasileiro e tendências internacionais

P

  • Psicossomático. Sociedade tecnológica: sintomas psicossomáticos

R

  • Referências
  • Reflexos sociojurídicos. A (des)humanização do trabalhador na sociedade tecnológica: reflexos sociojurídicos

S

  • Sigla. Abreviaturas e siglas
  • Sociedade industrial. Formação do trabalhador na contemporaneidade: da sociedade pré-industrial ao advento da sociedade pós-industrial
  • Sociedade tecnológica. A (des)humanização do trabalhador na sociedade tecnológica: reflexos sociojurídicos
  • Sociedade tecnológica. A (des)humanização do trabalhador na sociedade tecnológica: viver para trabalhar ou trabalhar para viver?
  • Sociedade tecnológica. Dignidade da pessoa humana na sociedade tecnológica: rumo à automatização do trabalhador
  • Sociedade tecnológica: sintomas psicossomáticos

T

  • Tecnologia. Aceleração social e desenvolvimento tecnológico: o direito à desconexão dos trabalhadores
  • Tecnologia. Automatização do trabalhador em função da implementação de tecnologias
  • Tecnologia. Sociedade tecnológica: sintomas psicossomáticos
  • Trabalhador contemporâneo: paradigmas do mundo moderno
  • Trabalhador. A (des)humanização do trabalhador na sociedade tecnológica: viver para trabalhar ou trabalhar para viver?
  • Trabalhador. Automatização do trabalhador em função da implementação de tecnologias
  • Trabalhador. Efetiva proteção ao direito à desconexão e as suas consequências para um crescimento sadio do trabalhador
  • Trabalhador. Formação do trabalhador na contemporaneidade: da sociedade pré-industrial ao advento da sociedade pós-industrial
  • Trabalho. A (des)humanização do trabalhador na sociedade tecnológica: viver para trabalhar ou trabalhar para viver?