Angústia Existencial

Angústia Existencial - Psicologia à Luz de Kierkegaard

André Luiz Salles

Folhear

Versão impressa

por € 10,60 + IVA Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para: Android iOS Windows Phone
por € 7,42 + IVA Adicionar ao carrinho


Detalhes

Autor(es): André Luiz Salles

ISBN v. impressa: 978989712567-6

ISBN v. digital: 978853628742-3

Encadernação: Capa mole

Número de páginas: 106

Publicado em: 07/03/2019

Idioma: Português Brasileiro

Sinopse

Angústia Existencial – Psicologia à Luz de Kierkegaard contempla questionamentos obje­tivos (conceituais) sobre a angústia, um dos temas mais importantes das filosofias da existência.

O conteúdo amplia e ilumina o tema da angústia na obra O Conceito de Angústia, de Søren Aabye Kierkegaard, com vistas a contribuir para as habilidades do Psicólogo que utiliza esta temática em seu trabalho psicoterápico ou não. Isto é, mostra os elementos intrínsecos e extrínsecos da angústia que possam viabilizar a compreensão das descrições que aparecem não só no setting terapêutico mas também em outras possíveis práticas no âmbito da Psicologia, em especial da Psicologia de Perspectiva Fenomenológico-Existencial.


Angústia Existencial Psicologia à Luz de Kierkegaard

O assunto deste livro contempla pesquisadores de áreas distintas: da psicologia, da filosofia e da ciência da religião. A análise aqui desenvolvida, de metodologia filosófico-religiosa, perpassa as proposições de época: as ciências, o mito do paraíso perdido, o conceito de pecado, a individualidade (subjetividade), a constituição da angústia no indivíduo, um sentido, um objeto e uma formatação da angústia.

O conteúdo perfila os assuntos diretamente ligados à angústia, tais como: a angústia como objeto da psicologia; o que aproxima e o que afasta o indivíduo de sua liberdade; a relação da angústia com a ciên­cia psicológica; a configuração da angústia no indivíduo, as formas e o objeto desta angústia; a relação da angústia com o campo espiritual (religioso); como se completa o tratamento psicológico final da angústia e a quem pertence o benefício desta.

O desenvolvimento mostra as categorias vinculadas à angústia e sua dinâmica na obra O Conceito de Angústia, de Søren Aabye Kierkegaard, abrindo possibilidades de ampliação dos conhecimentos nos domínios da subjetividade, em especial das habilidades tratadas na psicoterapia de perspectiva fenomenológico-existencial.

Autor(es)

ANDRÉ LUIZ SALLES

Mestre em Ciência da Religião pela Univer­sidade Federal de Juiz de Fora – UFJF. Pós-Graduado em Psicologia e Psicoterapia Fenomenológico-Existencial pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PREPES-PUC Minas. Bacharel em Psicologia pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora – CES/JF. Member of Association for Anthroposophic Psychology (AAP).

Sumário

1 INTRODUÇÃO

2 A ANGÚSTIA, O PECADO E AS "CIÊNCIAS"

2.1 A "DISPOSIÇÃO AFETIVA", O PENSAMENTO RACIONAL E AS "CIÊNCIAS"

2.2 O PECADO: UMA VISÃO DIALETICAMENTE CONSISTENTE

2.3 A ANGÚSTIA E A "CIÊNCIA" PSICOLÓGICA

3 A ANGÚSTIA E A REFLEXIVIDADE

3.1 A ANGÚSTIA NO INDIVÍDUO

3.2 AS FORMAS DA ANGÚSTIA

3.3 O OBJETO DA ANGÚSTIA

4 A ANGÚSTIA E A PROVIDÊNCIA

4.1 O "CONCEITO DE ANGÚSTIA"

4.2 ANGÚSTIA DESPOTENCIALIZADA

4.3 ANGÚSTIA INOCENTE

5 CONCLUSÃO

6 REFERÊNCIAS

Índice Alfabético

A

  • Afetividade. A "disposição afetiva", o pensamento racional e as "ciências"
  • Angústia despotencializada
  • Angústia e a providência
  • Angústia e a reflexividade
  • Angústia e a "ciência" psicológica
  • Angústia inocente
  • Angústia no indivíduo
  • Angústia, o pecado e as "ciências"
  • Angústia. Formas da angústia
  • Angústia. O "conceito de angústia"
  • Angústia. Objeto da angústia

C

  • Ciência. A "disposição afetiva", o pensamento racional e as "ciências"
  • Ciência. Angústia e a "ciência" psicológica
  • Ciência. Angústia, o pecado e as "ciências"
  • Conclusão

D

  • Dialética. Pecado: uma visão dialeticamente consistente

F

  • Formas da angústia

I

  • Indivíduo. Angústia no indivíduo
  • Inocência. Angústia inocente
  • Introdução

O

  • Objeto da angústia

P

  • Pecado. Angústia, o pecado e as "ciências"
  • Pecado: uma visão dialeticamente consistente
  • Pensamento racional. A "disposição afetiva", o pensamento racional e as "ciências"
  • Potência. Angústia despotencializada
  • Providência. Angústia e a providência
  • Psicologia. Angústia e a "ciência" psicológica

R

  • Referências
  • Reflexividade. Angústia e a reflexividade